Crítica | Spotlight – Segredos Revelados (Spotlight)

Filmes baseados em histórias verídicas tem se tornado cada vez mais comuns nos últimos anos assim como a suas presenças nas grandes premiações, para se ter uma ideia dos oito indicados a melhor filme na ultima premiação da academia quatro eram baseados em histórias reais. Um dos filmes mais elogiados de 2015 e vencedor de diversos prêmios de associações de críticos Spotlight – Segredos Revelados se encaixa justamente nessa nova leva de filmes que cresce cada vez mais na industria cinematográfica, mas seria o filme apenas mais um dessa categoria ou um longa marcante capaz de deixar sua marca? Infelizmente a primeira opção vem mais ao caso.

O filme conta a história de um grupo de jornalistas de Boston que reúne milhares de documentos capazes de provar diversos casos de abuso de crianças, causados por padres católicos.

Uma das coisas que mais fez o público voltar a atenção para o filme é sem duvidas o ótimo elenco do longa que tem Mark RuffaloMichael Keaton, Rachel McAdams Liev Schreiber, felizmente a expectativa em torno de suas atuações foram correspondidas já que todos esses atores entregam ótimas performances que acabam sendo o grande trunfo do longa.

O roteiro mesmo tendo seus problemas, que serão abordados mais a frente, entrega ótimos diálogos que conseguem trazer extrema agilidade ao filme, especialmente na primeira hora do longa.

Dois aspectos técnicos em especial merecem ser elogiados. O primeiro deles é a fotografia do longa que combina perfeitamente com a atmosfera da história. O segundo é a trilha sonora que mesmo com a sua simplicidade consegue deixar sua marca no filme.

Agora vamos falar dos problemas do roteiro que foram citados anteriormente. O mais grave deles e que acaba prejudicando o filme de forma significativa é que os conflitos internos e as emoções dos personagens são exploradas de forma bastante superficial fazendo que tudo fique de certa forma “mecânico”. Na primeira hora do longa isso pode passar batido devido a agilidade dos diálogos, porém depois disso a situação fica mais escancarada e acaba tornando alguns momentos do longa cansativos devido a falta de emoção nos personagens. 

Spotlight – Segredos Revelados é um bom filme que traz a tona uma questão super importante em nosso cotidiano, porém devido a falta de emoção no longa ele não consegue ser marcante da forma que deveria e não consegue o trazer o impacto necessário.

NOTA: 7,5

 

Anúncios

Um comentário em “Crítica | Spotlight – Segredos Revelados (Spotlight)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s